20 de setembro de 2014

Aula - A Porta estreita

Evangelho Segundo o Espiritismo – Muitos os chamados e poucos os escolhidos, cap. 18

A PORTA ESTREITA

Objetivo: Mostrar ás crianças que podemos escolher o caminho da porta larga ou estreita, depende apenas de nossas escolhas.

Desenvolvimento:

1.    Prece Inicial

2.    Desenvolvimento do tema

- Introdução ao tema:

Hoje vamos conversar sobre o Capítulo 18 do Evangelho que se chama: Muitos os chamados e poucos os escolhidos. Nesta parte do Evangelho Jesus fala de duas portas que levam para o plano espiritual:
*  Uma é estreita, mais difícil de passar, porque exige esforço e prática do bem.
*  a outra é larga, você não precisa fazer esforço, pode fazer qualquer coisa na vida (mentir, fazer o mal, etc.) que passa por ela do mesmo jeito.

Qual delas vocês acham que leva para um lugar feliz no plano espiritual: a larga ou a estreita?
(conversar que é a estreita porque ao fazermos o bem, seremos mais felizes e teremos amigos e estaremos praticando o que Jesus ensinou)

DESTACAR QUE É MAIS FÁCIL FAZER O ERRADO. QUE É COMUM A GENTE VER AS PESSOAS FAZENDO AS COISAS ERRADAS. MAS NÓS DEVEMOS FAZER O CERTO, MESMO QUE TODOS OS NOSSOS AMIGOS ESTEJAM FAZENDO O CONTRÁRIO.

OS DOIS CAMINHOS:


Quando voltamos a nascer, nós temos dois caminhos a seguir. Podemos escolher seguir o caminho do bem ou o caminho do mal.

Para seguir o CAMINHO DO BEM temos que passar pela PORTA ESTREITA e para o CAMINHO DO MAL, a PORTA LARGA.

A Porta do mal é larga porque as pessoas fazem o que bem entendem não se importam em prejudicar o semelhante. Roubam, maltratam as pessoas, adquirem o vício de fumar, de beber e outras coisas que prejudicam até a si mesmos.

A porta da perdição é larga. Pois para nela passar, basta simplesmente roubar, do que trabalhar muito. Basta mentir para sair de uma dificuldade, em vez de dizer a dura verdade. Basta odiar aquele que feriu no lugar de perdoá-lo. Basta sentir ciúmes e não confiar. A porta larga é passagem daqueles que procuram satisfações, mesmos prejudicando os outros, é a perdição, o sofrimento.

Já a porta estreita da salvação exigirá que você seja virtuoso. Que se empenhe por ajudar ao próximo, que perdoe os que o tratam mal, que auxilie aos pobres e desvalidos.

Para passar pela porta do bem, é preciso seguir os ensinamentos de Jesus: fazer a caridade, perdoar, sacrificar-se para fazer o bem. Controlar os impulsos negativos, como bater nos irmãozinhos, cumprir com os deveres, como estudar, ajudar nos afazeres domésticos, colaborar com as campanhas de caridade.

Jesus mostrou o caminho que leva a pessoa a ser feliz. Mas, muitos querem passar pela larga, isto é, não querem fazer esforço para serem feliz, muitos acham que felicidade são os bens da Terra. E para passar pela porta estreita, precisamos amar o semelhante, praticando a caridade, ter vida simples, humildade, ter entendimento que os bens da Terra são apenas empréstimos. Só assim seremos felizes!

Ao desencarnarem, aqueles que não fizeram esforço e perseveraram para caminhar no bem, atravessar à porta estreita, sofrem muito, seu Espírito fica de cor escura, habitam lugares escuros nas regiões sombrias do plano espiritual, sentem culpa e remorso, são muito infelizes. Mas, Deus é misericordioso e dá sempre novas oportunidades para todos os seus filhos, então esperam outra oportunidade para reencarnar, porque não souberam dar valor à encarnação.

As pessoas que se esforçam para seguir o caminho do bem, ao desencarnarem, sentem uma alegria muito grande. Seu Espírito é luminoso, habitam por um tempo as colônias espirituais, até a nova encarnação. Pois, nascemos, morremos e renascemos muitas vezes até sermos anjos.

Muitos são chamados a praticarem o amor ao próximo, mas poucos ouvem o chamado.
Jesus conhece o cristão pelas obras que faz.
Por isso, Ele disse que “muitos são chamados e poucos os escolhidos”.
É importante aprendermos, mas se não colocamos em prática o amor, não seremos reconhecidos como verdadeiros cristãos.

3. Atividade escrita – Atividade a Porta Estreita (http://evangelizacao-


4. Prece Final